Terço da Divina Misericórdia

Orações iniciais:

Pai Nosso…, Ave Maria…, Credo…

 

Nas contas grandes (1 vez):

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue,

a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho,

Nosso Senhor Jesus Cristo,

em expiação dos nossos pecados

e os do Mundo inteiro.

 

Nas contas pequenas (10 vezes):

Pela Sua dolorosa paixão,

tende Misericórdia de nós e do Mundo inteiro.

 

Oração final (3 vezes):

Deus Santo, Deus Forte,

Deus imortal, tende piedade de nós

e do mundo inteiro.

A vigília de oração na hora da Misericórdia

O relicário que é o vitral da Sagrada Família

Misericordias Domini in aeternum cantabo (Sl 88 [89], 2). À voz de Maria Santíssima, “Mãe da misericórdia”, à voz desta nova Santa, que na Jerusalém celeste canta a misericórdia juntamente com todos os amigos de Deus, unamos também nós, Igreja peregrinante, a nossa voz.

E tu, Faustina, dom de Deus ao nosso tempo, dádiva da terra da Polónia à Igreja inteira, obtém-nos a graça de perceber a profundidade da misericórdia divina, ajuda-nos a torná-la experiência viva e a testemunhá-la aos irmãos!

                                         (João Paulo II, Canonização – Roma 30 IV 2000)

Copyright © 2016 - Sanktuarium Urodzin i Chrztu św. Faustyny Kowalskiej